Tuesday, April 21, 2009

Blog "Cova do Urso" entrevista Fada Moranga


"Aqui vai uma tentativa de fazer um post à "Fada" , por Antonio Rosa

Conheço o blogue «Fada Moranga» desde o início de 2006. Não fazia a mais pequena ideia quem seria a sua autora. Sabia que o nome estava em português e o conteúdo em inglês. Isso sempre despertou a minha atenção. Só muito mais tarde é que conheci um pouco melhor a autora de 3 dos blogues mas criativos que conheço na blogoesfera. Para além do já mencionado «Fada Moranga» ela é a criadora e mentora destes dois: «Fada Moranga’s Pocoyo Gallery» e «Amor & Coentros».

A Fada Moranga é a bloguista que melhor pratica a arte de lincar. A arte da blogoesfera por excelência. Uma visita aos seus blogues é prova disso. Obviamente está muito avançada no seu tempo, pois faz exactamente aquilo que ela mais aprecia: deixar a sua criança interior orientar a gestão dos seus blogues. Vale a pena ler a entrevista pois a Fada Moranga explica o seu percurso de forma exemplar. Conheçam a sua Green shop, clicando na ilustração seguinte:


Porque decidiu criar os seus blogues? Pode contar a sua história? Tem objectivos? A que nicho se destina?

Era uma vez uma Couve Lombarda que sonhava com uma vida cheia de cor. Trabalhava como maquilhadora de moda, publicidade, fotografia, vídeo, tv, rádio e cassete pirata (link para ver Portfolio) mas essa lida já não dava alegria. Sonhava com a mudança. Decidiu passear-se por blogs bonitos, inspiradores e sentiu vontade de começar a fazer coisas, coisas que não desaparecessem com desmaquilhante… E começou a fazer experiências com feltros e aguarelas. Já não era couve!


Na Primavera de 2005, em Fátima, nasceu a Fada Moranga e a inspiração para o coração com asas – o coração de Moranga. Em Maio apresentou-se na feira de artesanato do Príncipe Real com os primeiros corações em feltro e aguarelas (
link para ver imagens) e foi quando começaram a perguntar se tinha blog. Blog?! Para quȇ? Se já tinha fotografias no “Flickr”! Mas resolveu experimentar e em 24 de Junho de 2005 inaugurou o blog «Fada Moranga».

O meu objectivo na altura foi utilizar o blog como montra do trabalho que estava a começar a desenvolver, para um pequeno nicho de apreciadores de artesanato e “crafters”. Aos poucos fui introduzindo links para sites e blogs que me interessavam. Queria ter bem perto de mim tudo o que me dava alegria – ilustração, ideias, inspirações, materiais, bonecos, animação, livros, personagens, COR!

Depois de 9 anos de maquilhagem, a descobrir o melhor em cada pessoa, estava a descobrir o melhor em mim. Reiki, Healing, Cura Quântica, Astrologia, Numerologia… mostravam-me o caminho. A minha criança interior estava a regressar a casa! Este blog estava a ser terapêutico para mim e assim resolvi fazê-lo para todas as crianças, de todas as idades, tamanhos, cores e feitios. O meu nicho é a criança interior de cada um.

Em 17 de Julho de 2007 inaugurei um blog em homenagem ao Pocoyo. A grande maioria das entradas no blog Fada Moranga aconteciam por causa deste personagem e resolvi dar o braço a torcer – Querem Pocoyo? Então tomem lá Pocoyo !


São 2 blogs Caranguejo. Coincidência?
(Em 04 de Agosto inaugurei o blog “Amor & Coentros” só por graça. Pensei que seria interessante fazer um género de fotonovela de comida, receitas passo a passo. Depois percebi que era tarefa nada fácil. A comida é uma actriz caprichosa e tem tendência a pegar ao fundo do tacho.)


Tem prazer em blogar? Qual o seu prazer?

Oh sim! Gosto de ver as imagens e textos publicados e envolvidos pelo ambiente rosa! Dá-me prazer descobrir que fui visitada por alguém que vive num país muito distante, receber emails a contar o que gostam de ver no meu blog, sentir que contribui para embelezar o espaço, que fui útil de alguma maneira.

E o que mais a irrita em blogar?

As mensagens de erro de html !

Considerando que cada pessoa vê o sucesso à sua própria maneira, como define um blog/bloguista de sucesso?

Aquele que passa alguma mensagem inspiradora, divertida, pedagógica ou me transmite uma sensação terapêutica.

Qual a táctica adoptada por si para atingir o sucesso com o seu blogue?

Respeitar a minha criança interior e deixar-me guiar por ela. Eu não mando nada. Todos os conteúdos passam pela sua aprovação. Ela é que decide o que é que faz bem à saudinha. Quando um blogue nasce, o autor tem que se esforçar para torná-lo conhecido e ter leitores.

Que fez para dar a conhecer o seu blogue? Usou ferramentas especiais, conviveu com outros blogues, etc.?

Passeei por muitos blogs e sites e tentava perceber como funcionavam… Observei, li. Tento descobrir tudo sem fazer perguntas.

É necessário um blog ter um nicho definido ou é possível atingir o sucesso sem pertencer a um nicho?

Talvez seja mais simples começar um blog definindo um nicho e seguindo uma linha de conteúdos adaptados ao tema ou grupo. Mas acredito que não há fronteiras e todos os nichos se cruzam e interagem para proveito de todos.

Lê outros blogues? Que métodos utiliza? Vai aos blogues que aprecia ou usa o sistema de leitor de feeds?

Leio vários blogues. Antigamente visitava cada um deles, depois experimentei o sistema de Feeds mas gosto mais de ver/ler os posts dentro do seu ambiente de origem. Não dispenso o original!

Quais os blogues que considera um sucesso hoje em dia (independentemente do nicho) e qual foi a lição que aprendeu?

• O primeiro blog que me despertou e inspirou foi o da
Rosa Pomar. Já em 2005 tinha bastante sucesso e assisti ao seu crescimento e evolução para site e loja. A Rosa é absolutamente fiel a si própria e com grande simplicidade e naturalidade, tem contribuído para a divulgação e dignificação do trabalho manual, lutando pelo respeito e defesa dos direitos de autor. Lição da Rosa – vanguarda e tradição.

• O blog da Geninne Zlatkis impressiona-me muito. Tudo parece perfeito, imaculado, lindo! O trabalho dela tem inspirado muita gente, é respeitada e admirada. Às vezes sorteia uma das suas ilustrações entre os seus visitantes/leitores e os comentários disparam… ultrapassando os 400… A relação dela com as pessoas é proporcional à qualidade do seu trabalho. Lição da Geninne – trabalhar com Amor.

• Outro blog que tem despertado a minha atenção é o da Tina Daunt. Começou em Novembro de 2008 e vai de vento em popa! O ambiente é muito descontraído, leve, animado, alegre. Lição da Tina – amizade, partilha.

• O blog mais recente da
Astrid Anabelle já conquistou! O seu sistema de perguntas e respostas está a ajudar cada vez mais gente a fazer “trabalho de casa”, a compreender a vida, a conhecer-se. Lição da Astrid – honrar a essência, servir a Luz.

É possível fazer amizades na blogosfera?
Claro que sim! Com juizinho…

Que recomenda para tornarmos os nossos blogues mais conhecidos na blogoesfera?

Semear! Espalhar o nome/link do blog pelo espaço. Pode ser através da inscrição em motores de busca como o Google, Yahoo, Aol, Lycos, Altavista, Msn, eXcite, Sapo…

Criando um perfil pessoal em sites, portais, directórios como o FaceBook, Twitter, Flickr, hi5, Tribe, MyBlogLog, BlogCatalog, YouTube, Technorati, BlogFlux, DelightfulBlogs…

Participando em comunidades temáticas como a Comunidade de Astrologia, iPeace, Tree-Nation, Del.icio.us, Wists, ThisNext, Amazon, LibraryThing, fóruns de culinária, animais, hobbies, etc, etc…Criando widgets, criando uma atmosfera, um ambiente, uma identidade… E nunca esquecer a COR !

Bem haja António, por fazer-nos crescer!
Fada Moranga, 13 de Abril de 2009


Os meus blogs:
Fada Moranga
Fada Moranga’s Pocoyo Gallery

Amor & Coentros


Foi impossível fazer um post à 'Fada Moranga'. A arte é muito dela. As ilustrações são de minha responsabilidade. Muito obrigado, Fada Moranga. "

4 comments:

Maria de Fátima said...

Olá Fada adorei ler a sua entrevista no Cova do Urso.Já deu para a conhecer mais um pouco.O que mais me atrai no Fada Moranga são as cores que são lindas e os bonequinhos são tão giros.Beijinhos e tudo de bom.

António Rosa said...

Fada,linda

Escrevi isto na introdução à tua entrevista, como pode ser lido no post:

«A Fada Moranga é a bloguista que melhor pratica a arte de lincar.»

Esta é prova do que digo.

Beijos

Fada Moranga said...

Ola Maria de Fatima! Obrigada por mais uma vistita! Compreendo-a muito bem - eh a cor que nos cura! :-)
Beijos***de Fada

Fada Moranga said...

Querido Antonio, eu linco-me tanto que as vezes o computador, ou mais propriamente o sistema, comeca a ficar transtornado com tanta diversidade! Talvez uma overdose de Gemeos... :-)
Obrigada por tudo!
Um grande beijo*de Fada

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails